Fale Conosco

Notícias

Bridgerton: conheça as incríveis locações da 3º temporada

Foto: Netflix/ReproduçãoFoto: Netflix/Reprodução

Foto: Netflix/Reprodução

A terceira temporada da série de Shonda Rimes é focada no romance de Colin Bridgerton e Penelope Featherington

Acessibilidade




A terceira (e esperada) temporada do drama de época “Bridgerton” chegou à Netflix nesta quinta-feira (16) e promete levar seus fãs a uma viagem. E não só no tempo, com as intrigas românticas, trajes opulentos, bailes glamourosos e cenários luxuosos da era real: você também ficará com vontade de planejar uma viagem para descobrir os locais onde a série de sucesso foi filmada.

Na nova leva de episódios, o foco está no romance entre Colin Bridgerton (interpretado por Luke Newton) e Penelope Featherington (Nicola Coughlan). Mas enquanto o drama de Shonda Rhimes, baseado na série de best-sellers de Julia Quinn, “é ambientado no competitivo mundo da Londres Regencial durante a temporada em que as debutantes são apresentadas à corte,” explica a Netflix, “as filmagens se estenderam muito além de suas fronteiras.”

E boa notícia: a maioria das pequenas cidades pitorescas, casas senhoriais, belos castelos e ruas da era Georgiana que aparecem nesta temporada estão abertas ao público em geral e já recebem muitos visitantes.

O “efeito Bridgerton” no turismo é muito claro: reservas aumentaram mais de 50% para alguns dos locais mais conhecidos, de acordo com a plataforma de reservas Trainline.

As opções de destinos são vastas, desde palácios e mansões famosas em Londres e em Bath (onde grande parte das filmagens ocorre), até a casa em York do Duque de Hastings e parques bem cuidados em Bristol, Surrey e Hertfordshire.

Veja a seguir os cenários mais lindos e icônicos que aparecem na nova temporada de Bridgerton:



  • Foto: Netflix/Reprodução

    Ranger’s House – Greenwich, Londres

    A casa da família Bridgerton em Londres (supostamente localizada na Grosvenor Square de Mayfair) é, na verdade, a elegante Ranger’s House, a oeste do Greenwich Park, no sudeste da capital inglesa.

    A mansão georgiana, com flores de cerejeira emoldurando a avenida e glicínias adornando a fachada, é um museu de arte administrado pelo English Heritage e abriga uma coleção de arte de classe mundial, incluindo esculturas medievais, joias ornamentadas e finas tapeçarias francesas.


  • Getty Images

    Hampton Court Palace – East Moseley, Londres

    Hampton Court Palace é um palácio Tudor em tijolo vermelho, com um jardim meticulosamente cuidado e que tem sido usado como substituto dos palácios de Buckingham e St James na série. Ele também aparece na terceira temporada como o local de um baile.


  • Divulgação

    Lancaster House – Westminster, Londres

    Perto do Palácio de Buckingham, a Lancaster House fica adjacente ao Green Park, próxima à Clarence House e ao Palácio de St James. Esta mansão serve na série como o esconderijo onde a Rainha Charlotte faz suas estratégias e incluindo seu salão, sala de desenho e sala de joias.

    Na vida real, a Lancaster House foi construída em 1825 por Frederick, Duque de York, filho de George III. É propriedade do governo britânico e usada para sediar grandes eventos oficiais, incluindo cúpulas do grupo G7.


  • Foto: Netflix/Reprodução

    Osterley Park And House – Londres

    Datada da década de 1570, Osterley House é uma das obras mais refinadas e completas do arquiteto Robert Adam ainda existentes. Os luxuosos apartamentos estatais e os modestos quartos familiares estão abertos ao público.

    Localizado em Isleworth, parte oeste de Londres, é um local do National Trust e um dos últimos patrimônios de campo sobreviventes em Londres. Na terceira temporada, é palco de um luxuoso baile ao ar livre.


  • Divulgação

    Chiswick House – Londres

    Chiswick House e jardins é outro local recorrente na série, apresentado em várias cenas de igreja e carruagem. É internacionalmente reconhecido como um lugar de importância histórica na área da arquitetura e jardinagem.


  • Getty Images

    Royal Crescent – Bath

    A terceira temporada retorna a Bath, cidade famosa por Jane Austen. Ali, o Royal Crescent serve de cenário para Mayfair e a casa dos Featheringtons, cujos membros incluem Penelope (Nicola Coughlan).

    Este impressionante marco, aclamado como um dos maiores exemplos da arquitetura georgiana da Grã-Bretanha, forma um crescente de 30 casas geminadas.

    A casa de Lady Danbury é, na verdade, o Holburne Museum. Localizada no N.º 1 Royal Crescent, é uma mansão magnificamente restaurada, que foi decorada e mobiliada exatamente como teria sido durante o período de 1776-1796.

    Este edifício é a primeira galeria de arte pública de Bath, abrigando mais de 10.000 objetos, incluindo obras de arte de Thomas Gainsborough e George Stubbs. Construída em 1796, tornou-se uma casa de hospedagem antes de ser transformada em museu em 1916.


  • Getty Images

    Castle Howard – York

    Representando o fictício Castelo Clyvedon, é a residência real do Duque de Hastings na série e onde Simon e Daphne se mudam após o casamento. No coração de Yorkshire, Castle Howard é uma casa senhorial barroca com uma cúpula coroada que levou mais de 100 anos para ser concluída. Os parques ao redor são igualmente grandiosos, com templos, lagos, fontes e muitos passeios por bosques.


  • Getty Images

    Blenheim Palace – Oxfordshire

    Conhecido por “Rainha Charlotte: Uma História Bridgerton”, um spin-off da série, o famoso Blenheim Palace está fazendo sua estreia na terceira temporada de Bridgerton.

    Local de nascimento de Winston Churchill e residência dos duques de Marlborough, ele é um Patrimônio Mundial da Unesco, situado em Woodstock e a única casa de campo não real e não episcopal na Inglaterra a ostentar o título de palácio. E está aberto aos visitantes.


  • Getty Images

    Halton House – Buckinghamshire

    Da mesma forma que a Ranger’s House em Londres é usada como fachada da casa da família Bridgerton, os interiores são filmados em Halton House, localizada nas Colinas Chiltern em Buckinghamshire, Inglaterra.

    Construída para Alfred Freiherr de Rothschild entre 1880 e 1883, a propriedade é listada na Lista do Patrimônio Nacional Britânico. Também foi usada como cenário para The Crown, O Discurso do Rei e Downton Abbey, entre outras produções.


  • Foto: Netflix/Reprodução

    Hatfield House – Hertfordshire

    A magnífica Hatfield House apareceu várias vezes em Bridgerton. Construída em 1611 pelo cortesão Robert Cecil e repleta de decorações jacobinas, os interiores verdes a tornam o local perfeito para filmar a casa da família Featherington – e, surpreendentemente, o clube de cavalheiros privado do boxeador Will Mondrich.


  • Divulgação

    Grimsthorpe Castle – Lincolnshire

    Estreia nesta temporada, a peculiar Grimsthorpe Castle faz as vezes da casa de Lord Hawkins, um novo personagem igualmente excêntrico, dedicado às invenções. Ele organiza um “Baile de Inovações” que inclui o lançamento de um balão de ar quente.


  • Divulgação

    Basildon Park – Berkshire

    Outra casa do National Trust que anteriormente apareceu como o jardim dos Featheringtons, na terceira temporada o Basildon Park apresentará seus interiores do século 18 como a casa de outra nova personagem, Lady Tilley Arnold.

Foto: Netflix/Reprodução

Ranger’s House – Greenwich, Londres

A casa da família Bridgerton em Londres (supostamente localizada na Grosvenor Square de Mayfair) é, na verdade, a elegante Ranger’s House, a oeste do Greenwich Park, no sudeste da capital inglesa.

A mansão georgiana, com flores de cerejeira emoldurando a avenida e glicínias adornando a fachada, é um museu de arte administrado pelo English Heritage e abriga uma coleção de arte de classe mundial, incluindo esculturas medievais, joias ornamentadas e finas tapeçarias francesas.

Leia também:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *