Fale Conosco

Notícias

Com Douglas Costa e jovem colombiano, Fluminense faz apostas para reforçar lados do ataque

A semana começou com apostas no Fluminense. Uma, em um nome de peso e experiente, mas que teve uma última passagem apagada no futebol brasileiro. Outra totalmente oposta, em um jovem desconhecido, na esperança de repetir o sucesso alcançado com um colombiano, Jhon Arias, que chegou de maneira discreta nas Laranjeiras e conquistou o coração do torcedor tricolor. Ontem, o Flu acertou com os atacantes Douglas Costa e Jan Lucumi.

  • Novo reforço: Fluminense acerta a contratação de Douglas Costa
  • Jornal espanhol: Atlético de Madrid pode pagar 35 milhões de euros por André

Douglas Costa, de 33 anos, já vestiu as camisas da seleção brasileira, do Grêmio e de gigantes do futebol europeu, como Bayern de Munique-ALE e Juventus-ITA. Na busca por atacantes de lado, após não ter conseguido avançar por Luiz Henrique e Léo Chú, o tricolor convenceu o jogador a se juntar ao elenco.

O atacante estava livre no mercado, após o Los Angeles Galaxy-EUA — onde ele jogou nas últimas duas temporadas — não ter renovado seu contrato. Quase encaminhado para se juntar ao Samsunspor-TUR, Douglas Costa mudou de ideia após as conversas com o treinador Fernando Diniz e com ex-jogador e dirigente Fred, que o fizeram aceitar uma redução salarial para voltar ao futebol brasileiro. O desafio de disputar a Libertadores pelo atual campeão da América, além da Recopa Sul-Americana e o Mundial de Clubes, em 2025, pesaram a favor do Flu.

Jan Lucumi em ação pelo Boca Juniors de Cali — Foto: Instagram
Jan Lucumi em ação pelo Boca Juniors de Cali — Foto: Instagram

O contrato de um ano e meio, com cláusulas de produtividade não reveladas, mostra o interesse do clube em contar com o melhor Douglas Costa em seu elenco, mas também a cautela com o histórico recente do jogador. Após integrar a seleção que disputou a Copa do Mundo de 2018 — ao lado de Marcelo e Renato Augusto —, regressou três anos depois ao Grêmio, clube que o revelou.

Porém, a passagem foi muito aquém das expectativas, terminando com o rebaixamento do clube gaúcho e alguns problemas extracampo acumulados, como uma polêmica em torno da festa de casamento do atacante na reta final do Brasileirão. Lesões e problemas físicos também marcaram boa parte de sua carreira.

Nas duas temporadas disputando a Major League Soccer (MLS), a liga norte-americana, Douglas Costa fez 51 partidas pelo Galaxy, marcando oito gols e distribuindo oito assistências. Já no Grêmio, a conturbada passagem de 28 jogos terminou com três bolas na rede e dois passes para gol.

  • Três pontos: Fluminense domina primeira etapa e segura vitória contra a Portuguesa

Resta saber se, sob o comando de Diniz, que tem sido um dedicado comandante na hora de “recuperar a cabeça” de seus jogadores, Douglas Costa voltará ao melhor desempenho.

Como tem sido recorrente na montagem de elenco ao longo dos últimos anos, Diniz dá o aval para a chegada de um jogador acima de 30 anos e que demonstra aderir a suas ideias. Já nesta janela, foi assim com Antonio Carlos (30), Renato Augusto (35), Felipe Alves (35) e Gabriel Pires (30). A única exceção fica por parte de David Terans (29, ex-Athletico), que está prestes a ser anunciado.

Nos melhores dias, a carreira do novo reforço tricolor dispensa qualquer tipo de dúvida. Principalmente, atuando pela ponta direita, mas com qualidade para aparecer na esquerda (veja no mapa de calor abaixo), onde uma alternativa a Keno é mais urgente no elenco.

Mapa de calor de Douglas Costa na temporada 2023 da MLS — Foto: SofaScore
Mapa de calor de Douglas Costa na temporada 2023 da MLS — Foto: SofaScore

Por outro lado, o tricolor aposta num jovem de apenas 19 anos. O colombiano Lucumi chega por empréstimo de um ano, com opção de compra, do Boca Juniors de Cali e vai integrar a equipe principal. O jogador tem passagens pelas seleções de base e é apontado como uma das promessas da Colômbia.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *