Fale Conosco

Notícias

Em reecontro com a torcida nos Aflitos, Nutico Goleia o Remo e volta a vencer na Srie C

<i>(Foto: Rafael Vieira/DP Foto)</i>

Tarde recheada de gols nos Aflitos. Em jogo bastante movimentado, com direito a expulsão e consagração de um artilheiro, o Náutico fez valer o mando de campo e venceu o Remo por 4 a 1 hoje, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

 

Paulo Sérgio foi o destaque da partida,marcando dois gols, um em cada tempo do jogo. Vitória segura do Timbu alivia um pouco da pressão na equipe, que vem fazendo um campeonato nacional bastante irregular.

 

Agora, a equipe comandada por Mazola Júnior se prepara para encarar o São José fora de casa. A tabela marca o jogo para a próxima segunda-feira (03/06), mas as partidas dos times gaúchos, que estão suspensas por conta da tragédia ambiental no Rio Grande do Sul, ainda precisam de confirmação da CBF. Ao fim da partida, o Náutico ocupa a nona colocação, fora do G8 da Série C.

 

O JOGO

A partida começou com ambas as equipes se estudando, tentando entender a proposta do seu adversário. Entretanto, o Náutico quis fazer o mando de campo ainda dentro dos minutos iniciais da partida e passou a pressionar mais o Remo, levando perigo à meta do time paraense em jogadas de velocidade. E tanta pressão deu certo.

 

Aos 12 minutos, em cobrança de lateral jogada na área do Remo, a bola acabou sobrando para Gustavo Maia, que acertou um belo voleio e abriu o placar para os alvirrubros. 1×0 para o Náutico ainda no começo da partida.

 

E o cenário ficou ainda melhor para os pernambucanos. Em contra-ataque rápido, o zagueiro Sheldon acabou acertando um carrinho com força excessiva o meio campista Cléo Silva. Por ser o último homem e pela gravidade da falta, o zagueiro do Remo acabou expulso. Paraenses com um jogador a menos ainda antes do jogo completar 15 minutos de bola rolando.

 

Com a vantagem numérica no placar e no campo, o Náutico sentiu-se à vontade para atacar mais o Remo. Ainda assim, encontrou dificuldades de ampliar o placar no decorrer do primeiro tempo. Entretanto, o time da casa conseguiu fazer mais um gol no fim da primeira etapa.

 

Após cruzamento de Gustavo Maia, Paulo Sérgio, livre de marcação, finalizou e fez o 2×0 para o Timbu. Fim de primeiro tempo com boa vantagem para os pernambucanos.

<i>(Foto: Rafael Vieira/DP Foto)</i>

 

O segundo tempo começou bastante movimentado nos Aflitos. Logo aos três minutos, o Leão do Pará quis ensaiar uma reação no jogo. Após cobrança de tiro de meta e em uma jogada rápida, Marco Antônio se livrou da marcação dentro da grande área e diminuiu o placar para os visitantes Náutico 2×1 Remo.

 

Porém, o que parecia uma reação do Remo acabou caindo por terra. Logo aos oito minutos, os donos da casa chegaram mais uma vez em um cruzamento na grande área, defendido pelo goleiro do Leão. Na sobra, Paulo Sérgio marcou o terceiro gol do Timbu e o segundo dele na partida. Náutico 3×1 Remo.

 

Após os gols no início do segundo tempo, o jogo continuou bastante aberto, com ambas equipes criando oportunidades de ampliar o placar. Entretanto, nada do placar ser mudado nos Aflitos.

 

No decorrer da segunda etapa, tanto o Náutico quanto o Remo efetuaram substituições. Os visitantes queriam buscar ao menos um empate, enquanto os donos casa optaram pela manutenção do placar, sem muitas ousadias nas mudanças.

 

Mas o Náutico buscou mais. E encontrou. Após cobrança de escanteio, Rafael Vaz apareceu livre dentro da grande área e finalizou de perna direita no ângulo esquerdo do goleiro adversário. Náutico 4×1 Remo.

 

FICHA DO JOGO

Náutico  4

Vagner; Danilo Belão, Iran, Rafael Vaz e Luiz Paulo (Thalissinho); Renato Alves (Marco Antônio), Sousa e Andrey (Leandro Barcia); Cléo Silva (Patric Allan), Gustavo Maia (Diego Matos) e Paulo Sérgio. Técnico: Mazola Júnior.

Remo 1

Marcelo Rangel; Vidal, Ligger, Sheldon e Hélder; Adsson (Jonilson), Paulinho Curuá e Pavani (Matheus Lucas); Cachoeira (Marco Antônio), Ytalo e Pedro Vitor (Ronald). Técnico: Rodrigo Santana.

Local: Aflitos

Horário: 17h

Árbitro: Fabiano Monteiro dos Santos (SP) 

Assistente 1: Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)

Assistente 2: Evandro de Melo Lima (SP)

Cartões amarelos: Sousa (21’/1T), Danilo Belão (25’/2T), Hélder (33’/1T), Andrey (12’/2T)

Cartão Vermelho: Sheldon (13’/1T)

Público: 6.677

Renda: R$ 116.292,00

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *