Fale Conosco

Notícias

Holanda e França ficam no empate, Polônia é eliminada e Ucrânia vira sobre a Eslováquia; veja o resumo

França e Holanda protagonizaram o primeiro empate sem gols da Eurocopa

21 jun
2024
– 21h24

(atualizado às 21h30)




Foto: Esporte News Mundo

A segunda rodada da Eurocopa 2024 teve mais três partidas nesta sexta-feira, com o destaque para o primeiro empate sem gols da competição, que aconteceu no jogo mais aguardado do dia, Holanda e França. Enquanto isso, a Áustria, de Ralf Rangnick eliminou a Polônia, após vencer a seleção de Robert Lewandowski por 3 x 1. Além disso, a Ucrânia se recuperou na competição e venceu de virada a Eslováquia por 2 x 1 e deixou embolado o grupo E da competição.

HOLANDA 0 X 0 FRANÇA

Mesmo tendo terminado sem gols, a  partida entre Holanda e França foi muito movimentada. Ambas as seleções buscaram a vitória e criaram chances claras de gols para vencer o jogo. Com uma fratura no nariz, Kylian Mbappé foi poupado e não saiu do banco de reservas. 

Na primeira etapa, a França passou perto de abrir o placar, quando Griezmann  furou na hora da finalização após receber de Rabiot dentro da área. A Holanda de Ronald Koeman também assustou na etapa inicial, quando Frimpong, logo no primeiro lance, e Gakpo obrigaram Maignan a fazer duas grandes defesas para manter a partida empatada. 

Já no segundo tempo, apesar terem sido dominados pelos comandados de Didier Deschamps, os holandeses tiveram um gol anulado por impedimento. Gakpo e Depay articulam uma jogada pelo lado esquerdo, o camisa 10 chutou, mas Maignan defendeu e deu rebote. Na sobra, Xavi Simons completou para o gol. No entanto, o lance foi anulado por impedimento de Dumfries, que estava próximo do goleiro, e na visão da arbitragem interferiu na jogada. A chance mais clara dos franceses na etapa final também foi Griezmann. Ele recebeu livre na área, dominou, mas errou na finalização e facilitou a defesa de Verbruggen.

O empate entre as duas seleções fez com que as duas chegassem a quatro pontos e deixassem suas vagas na próxima fase da competição encaminhadas no Grupo D. 

POLÔNIA 1 X 3 ÁUSTRIA

No outro jogo do grupo de Holanda e França, a Áustria treinada por Ralf Rangnick, ex-Manchester United, se impôs e bateu a Polônia por 3 a 1. A equipe do técnico alemão fez uma partida com muita intensidade e com muitas chances sendo criadas contra uma seleção polonesa que sentiu falta de Lewandowski, que só entrou no segundo tempo. Trauner, Baumgartner e Arnautovic marcaram os gols austriacos. Enquanto Piatek descontou para os poloneses.

A primeira etapa foi disputada. A Áustria abriu o placar aos oito, com o zagueiro Trauner estava sozinho dentro da área após cruzamento para vencer Szczesny. Após isso, os poloneses cresceram e empataram o jogo aos 29m quando Piatek pegou a sobra dentro da área e deixou tudo igual. 

No segunda etapa, a seleção austríaca foi para cima e fez o goleiro polonês trabalhar. Até que aos 21, Baumgartner marcou o segundo após receber na entrada da área e recolocar a seleção de Rangnick em vantagem. 11 minutos depois, aos 32, Sabitzer foi derrubado por Szczesny na área, pênalti. Na cobrança, Arnautovic deslocou o goleiro e marcou o terceiro. 



Seleção austríaca comemorando um dos gols –

Seleção austríaca comemorando um dos gols –

Foto: AXEL HEIMKEN/AFP via Getty Images / Esporte News Mundo

Com o resultado, a Polônia de Lewandowski está eliminada da Eurocopa. Já a Áustria  somou seus primeiros três pontos na competição e está na luta por uma vaga na última rodada. Quando terá um confronto direto com a Holanda, na próxima terça. 

ESLOVÁQUIA 1 X 2 UCRÂNIA

Eslováquia e Ucrânia fizeram um jogo aberto, mas  foram os ucranianos que levaram a melhor, de virada a seleção de Zinchenko e Mudryk venceu por 2 a 1, na segunda rodada. Com gols de Shaparenko e Yaremchuk no segundo tempo. Enquanto, Schranz abriu o placar no primeiro tempo. O resultado deixou o Grupo E embolado. 

A etapa inicial foi muito disputado, no geral a Eslováquia do italiano Francesco Calzona, que treinou o Napoli na reta final da temporada, foi melhor e poderia ter aumentado sua vantagem se não fosse a grande partida do goleiro Trubin, que ganhou vaga no gol ucraniano após a falha de Lunin diante da Romênia. O goleiro do Benfica fez quatro defesas na primeira etapa, mas não pode parar Schranz aos 16. Após jogada Haraslín, ele cruzou nas costas de Zinchenko e o camisa 26 cabeceou para o gol. A seleção treinada por Rebrov também criou boas chances, mas parou nas defesas de Dúbravka. 

Já na etapa final, os ucranianos foram para cima. Logo aos 8, Shaparenko bateu firme e deixou tudo igual. Após contra-ataque puxado por Mudryk, ele acionou Dovbyk e tocou a bola para uma rápida triangulação que resultou no passe de Zinchenko para o meio da área. O camisa 19 chegou batendo livre e deixou tudo igual. Após isso, os eslovacos não conseguiram segurar a pressão ucraniana. A virada veio aos 34, quando Shaparenko achou Yaremchuk na pequena área. O camisa dominou com a ponta do pé e com um toquinho virou o jogo. Após sofrer a virada, a Eslováquia até pressionou, mas não assustou o gol de Trubin. 



Jogadores Ucranianos comemorando o gol de Yaremchuk –

Jogadores Ucranianos comemorando o gol de Yaremchuk –

Foto: Lars Baron/Getty Images / Esporte News Mundo

Com o resultado, a Ucrânia conquistou 3 pontos e ficam na segunda posição, com a mesma pontuação da Romênia, quem perdeu na estreia e a Eslováquia que venceu a Bélgica, na estreia. Na última rodada do Grupo E, os ucranianos pegam a Bélgica, na próxima quarta. 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *