Fale Conosco

Notícias

Já classificado, Brasil passa vexame no Pré-Olímpico: Venezuela 3 a 1

Desentrosado e desinteressado, Brasil tem péssima atuação, é presa fácil e escapa de levar uma goleada histórica

1 fev
2024
– 22h01

(atualizado às 22h16)




Foto: Joilson Marconne/CBF – Legenda: Seleção Brasileira teve atuação abaixo da crítica na derrota para a Venezuela nesta quinta-feira (1) / Jogada10

Os reservas da Seleção Brasileira entraram em campo sem precisar fazer nada para garantir a primeira posição do Grupo A do Pré-Olímpico. Mas resolveram fazer vergonha. Inerte, o Brasil foi facilmente batido por 3 a 1 pela Venezuela, que precisava vencer para se classificar. Segovia, duas vezes, e Rikelme, anotaram os gols venezuelanos. Aleksander, no apagar das luzes, descontou para os brasileiros.

O próximo compromisso da Seleção já tem data confirmada, mas não o adversário. O Brasil estreia no quadrangular final na próxima segunda-feira. Entretanto, como ainda não há definição no Grupo B sobre o primeiro colocado, ainda não sabe se contra Argentina ou Paraguai.

Primeiro tempo

Dois a zero foi pouco. Desentrosada e desinteressada, a Seleção não produziu nada digno de registro nos primeiros 45 minutos. Sendo assim, a Venezuela se aproveitou da inércia brasileira. Aos dez minutos, já fazia por merecer a abertura do marcador quando Segovia tabelou com Martinez, recebeu passe de letra e abriu o placar.

Nem a desvantagem, contudo, acordou o Brasil. Pelo contrário. A Venezuela  aumentou seu domínio e, naturalmente, fez o segundo gol. Aos 30 minutos, Rivas fez lançamento longo, Lucas Fasson não cortou e Segovia ampliou a vantagem da Viñotinto. Após sofrer o segundo, em síntese, em pelo menos três oportunidades o Brasil flertou com uma desvantagem ainda maior. Na mais clara delas, o goleiro já estava batido quando Martinez rolou para o gol e Lucas Fasson salvou.

Segundo Tempo

A Seleção voltou com Endrick e Marlon Gomes nas vagas de Maurício e Marquinhos, respectivamente. Assim, iniciou melhor a segunda etapa. Embora sem brilhar, ensaiou alguma reação. Só que a resposta da Venezuela foi uma ducha de água congelante: aos nove minutos, Lacava cruzou da esquerda, e o brasileiro Rikelme, ao tentar cortar de carrinho, jogou para a própria rede.

O gol, como era de se esperar, arrefeceu qualquer esperança de ânimo brasileiro. Assim como na primeira etapa, tinha mais a bola nos pés, porém criava pouco. Aos 31, entretanto, um lampejo de Gabriel Pec, que concluiu de cavadinha para fora, quase se transformou em gol.

Com o placar consolidado, os venezuelanos diminuíram o ritmo e aguardaram o apito final. O Brasil, por fim, deu o ar da graça com um golaço. Aleksander se livrou de dois marcadores com lindo giro e fez o gol de honra, aos 44 minutos. Nada, todavia, que diminuísse a atuação vexaminosa.

VENEZUELA 3X1 BRASIL

5ª Rodada do Pré-Olímpico

Data e horário: 1/2/2024, às 20h (de Brasília)

Local: Estádio Brigido Iriarte, Caracas (VEN)

VENEZUELA: Rodríguez; Uzcátegui, Vivas, Ferro e Rivas; Faya, Ortega e Segovia (Jesus Paz, 36’/2°T); Martínez (Emerson Ruiz, 24’/2°T), Bolívar e Lacava. Técnico: Roberto Valiño.

BRASIL: Matheus Donelli; Bruno Gomes, Luan Patrick (Khellven, 22’/2°T), Lucas Fasson e Rikelme; Ronald, Marquinhos (Marlon Gomes, Intervalo) e Gabriel Pirani (Guilherme Biro, 31/2°T); Gabriel Pec, Mauricio (Endrick, intervalo) e Giovane (Aleksander, 21’/2°T). Técnico: Ramon Menezes.

Gols: Segovia, 10’/1°T (1-0); Segovia, 30’/1°T (2-0); Rikelme, contra, 9’/2°T (3-0); Aleksander, 44’/2°T (3-1).

Cartões amarelos: – (VEN); Rikelme, Gabriel Pec (BRA)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *