Fale Conosco

Notícias

“Ninguém está preocupado com Lakers e Warriors no Oeste”

Da maior à menor liga, uma lógica não muda: os times mais populares sempre recebem mais atenção da imprensa. Têm maior espaço nos noticiários e mais jogos exibidos, por exemplo. Mas, obviamente, isso não deve interferir nas análises. Um ídolo da NBA acha que, nesse sentido, a imprensa vem falhando. Para Charles Barkley, equipes como Los Angeles Lakers e Golden State Warriors são mais elogiados do que merecem.

“Estou tão cansado desses idiotas em outros canais perdendo horas falando sobre esses dois. Afinal, nós não damos atenção para nenhum outro time que deve disputar o play-in, né? Eu sei que Stephen Curry é ótimo, assim como LeBron James. Mas ninguém está preocupado em enfrentar essas duas equipes no Oeste”, disparou o integrante do Hall da Fama e comentarista da TNT.

Warriors e Lakers possuem recordes positivos no momento, mas estão em uma situação bem complicada na classificação. Estão, respectivamente, na nona e décima posição da conferência Oeste. Ou seja, mais uma vez, ambos teriam que brigar por uma vaga nos playoffs através do play-in. Mais do que isso, pelo chaveamento da repescagem, não poderiam chegar à pós-temporada ao mesmo tempo.

“Os adversários da conferência não estão olhando para eles. A questão somos nós, que bajulamos essas equipes demais. Não vejo ninguém falando sobre o nono colocado do Leste, por exemplo. Lakers e Golden State estão em um bom momento, mas é preciso ser realista: não vão vencer os líderes do Oeste”, sentenciou o veterano.

Leia mais sobre o Los Angeles Lakers

Pessimismo

A postura de Barkley não surpreende quando o assunto é o Warriors, em particular. A lenda da NBA possui uma visão ácida e pessimista sobre os rumos da equipe desde o início da temporada. Pode-se definir, aliás, até como apocalíptica. Em novembro, por exemplo, ele chegou a decretar o fim da era vencedora de San Francisco. E não deixou margem para interpretação.

“Esse time está acabado. Estão velhos e já não são os mesmos de antes, então não são mais um candidato ao título da NBA. Eles ‘escaparam’ da primeira rodada dos playoffs passados porque Stephen ficou insano no sétimo jogo da série. Mas ele vai começar a cair de rendimento. Os outros veteranos, da mesma forma, não são mais os mesmos. Por isso, acabou”, cravou o ex-ícone do Phoenix Suns.

Na época, por sinal, Barkley deixou claro que o Warriors estava atrás do Lakers em sua avaliação. “Golden State é o pior time da Califórnia agora. Afinal, os jogadores velhos não ficam melhores. Eles só envelhecem. Essa equipe viveu excelentes temporadas e, certamente, trata-se de uma ótima organização. Mas a realidade é essa: Lakers, Los Angeles Clippers e Sacramento Kings são melhores”, analisou.

Boa fase

Charles Barkley sabe que os comentários sobre Lakers e Warriors cresceram nos últimos tempos por causa da boa fase de ambos. Os angelinos, antes da derrota para o Denver Nuggets nesse sábado, havia vencido nove dos 12 jogos mais recentes. Enquanto isso, Golden State acumula 11 vitórias nas últimas 13 partidas. São bons resultados, mas que, para o veterano, só servem para despistar os olhos menos treinados.

“Eu não discuto que ambos estejam bem, mas todos têm boas fases em uma temporada de 82 jogos. Nem por isso falamos das outras equipes de play-in. E não falamos porque sabemos que eles não têm chance. Stephen e LeBron estão entre os melhores de todos os tempos, sim, mas não são ameaças por si só para os melhores times”, concluiu o craque histórico.

Assine o canal Jumper Brasil no Youtube

Todas as informações da NBA estão no canal Jumper Brasil. Análises, estatísticas e dicas. Inscreva-se, mas dê o seu like e ative as notificações para não perder nada do nosso conteúdo.

E quer saber tudo o que acontece na melhor liga de basquete do mundo? Portanto, ative as notificações no canto direito de sua tela e não perca nada.

Então, siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *