Fale Conosco

Notícias

Palmeiras x São Paulo: como será esquema de segurança da Supercopa

Palmeiras e São Paulo decidirão o título da Supercopa Rei no domingo (4), às 16h, com torcedores dos dois clubes nas arquibancadas do Mineirão, como há muito não se via nos jogos entre os dois rivais. É fruto de um planejamento iniciado há tempos e que pode mudar o futuro dos clássicos paulistas.

Para os clubes, torcedores e autoridades envolvidos no esquema de segurança da decisão entre o campeão do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, um encontro sem confusões e brigas deverá ser usado como argumento para que São Paulo possa rever a orientação de torcida única em seus clássicos.

O Mineirão aceitou receber o clássico com as torcidas rivais confiando nos últimos dez anos em que a equipe da Minas Arena administra o estádio. O planejamento foi traçado com base nos duelos entre Cruzeiro e Atlético-MG – que, curiosamente, se enfrentarão sábado, na Arena MRV, com torcida única.

A expectativa é de um público de 55 mil pessoas, sendo metade palmeirenses, metade são-paulinos. A torcida do Palmeiras fará a rota e ocupará o espaço no estádio que é tradicionalmente dos atleticanos. Já os tricolores terão a localização que é normalmente destinada para o Cruzeiro no Mineirão.

O esquema de segurança começa ainda em São Paulo, no sábado, quando sairão os ônibus com torcedores dos dois clubes. Primeiro, está prevista a viagem de palmeirenses, às 20h, com o comboio acompanhado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-SP) pela rodovia Fernão Dias. Às 23h, partem os veículos que levarão os torcedores tricolores, sob o mesmo procedimento realizado com alviverdes.

“A instrução que foi dada para as torcidas é que elas fretem ônibus já com banheiro para que não precise ser feito paradas para que esse comboio das torcidas possa ser o mais rápido”, explicou Luis Gustavo Ponciano, chefe de operação da PRF-SP, em entrevista à ESPN.

Quando os torcedores chegarem à cidade de Extrema, na divisa de São Paulo com Minas, quem assume a escolta dos ônibus é a Polícia Militar mineira. “Estamos mandando tropas especializadas de Belo Horizonte lá para a divisa do Estado”, disse Flávio Godinho, diretor de operações da PM-MG.

“A primeira torcida que chega em Belo Horizonte é a do Palmeiras. Ela vai ser encaminhada para o Mineirão, onde ela vai ser recepcionada pela torcida do Galo, da Galoucura”, seguiu Godinho, lembrando que as torcidas organizadas de Palmeiras e Atlético-MG são aliadas fora de campo.

A previsão de abertura dos portões do Mineirão é 13h, horário também que a torcida do São Paulo deve chegar a Belo Horizonte. Por isso, os viajantes tricolores deverão rumar diretamente para o estádio.

Para os palmeirenses, a melhor rota é usar a avenida Antônio Carlos, no tradicional caminho do torcedor atleticano em clássicos. O acesso ao estádio acontecerá pela esplanada Norte, pelos portões A, F e E. Já os são-paulinos devem optar pela avenida Carlos Luz e entrar para o Mineirão pela esplanada Sul, no trajeto “cruzeirense”, com entrada nos portões B, C e D.

As avenidas Rei Pelé e Chafir Ferreira (próxima ao Mineirinho) estarão reservadas para o estacionamento de ônibus fretados de torcedores do São Paulo e Palmeiras, respectivamente.

Além do efetivo policial que atuará tanto dentro, quanto fora do Mineirão, serão 585 seguranças de uma empresa privada. Sete ambulâncias estarão disponíveis para a final, além de dois ambulatórios.

Uma Supercopa em paz nas arquibancadas pode significar a volta de duas torcidas no estádio também nos clássicos em São Paulo, algo que não acontece desde 2016.

“Que as torcidas possam conviver, cada um torcendo para o seu time, mas conviver em paz, nas estradas, em Belo Horizonte e principalmente no estádio. É isso que queremos. Isso acontecendo, nós podemos tentar imaginar de novo as convivências das torcidas em uma grande festa, como sempre no futebol. Nós precisamos avançar nesse sentido”, disse Júlio Casares, presidente do São Paulo.

Próximos jogos do Palmeiras

Próximos jogos do São Paulo

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *