Fale Conosco

Notícias

Red Bull Bragantino vence fora, continua líder e agrava crise do Ituano

Mesmo com rodízio no elenco por causa da Copa Libertadores, o Red Bull Bragantino venceu mais uma e segue na liderança do Grupo C do Paulistão. Neste sábado, superou o Ituano por 1 a 0 no estádio Novelli Júnior, em Itu, pela 10ª e antepenúltima rodada. O resultado agrava ainda mais a crise do adversário, que segue lutando contra o rebaixamento.

Com a vitória, o time de Bragança Paulista continua na liderança do Grupo C, agora com 18 pontos, seguido por Mirassol (14), Inter de Limeira (13) e Corinthians (10). Todos os adversários ainda entram em campo pela rodada e o time de Limeira tem um jogo a menos, diante do São Paulo.

O Ituano segue com seis, em terceiro do Grupo A, que ainda tem Santos (19), Portuguesa (7) e Santo André (4). O time de Itu está ameaçado pelo rebaixamento, pois ocupa o 14º e antepenúltimo lugar na classificação geral, que define as duas quedas. Na sexta-feira, o clube de Itu demitiu o técnico Marcinho Freitas e o elenco foi comandado pelo auxiliar Douglas Leite neste sábado.

A primeira boa chance foi do Ituano. Zé Carlos recebeu enfiada no meio-campo e poderia arriscar o chute, pois o goleiro estava adiantado. Ele tentou carregar a bola, mas acabou perdendo a corrida para o zagueiro, que se recuperou bem. Na sequência, o Bragantino teve um pênalti marcado, mas após revisão no VAR, o árbitro cancelou a marcação.

Após mais algumas tentativas sem muito perigo do Ituano, o placar foi inaugurado pelos visitantes. Aos 26, após escanteio, a bola ficou viva na área, pelo alto. Thiago Borbas ajeitou de cabeça e Bruninho chutou do jeito que deu, com força e no alto, para marcar.

O placar poderia ter sido ampliado quando o Bragantino encaixou rápido contra-ataque. Borbas recebeu passe da esquerda, dentro da área. Quando dominou, Jefferson Paulino caiu. Mesmo assim, o atacante chutou em cima do goleiro, que salvou o Ituano. No final, o Ituano rondou a área adversária, mas sem grande perigo.

No segundo tempo, os dois times arriscaram chutes, mas todos para fora ou sem força. O Ituano teve uma falta perigosa na direita, mas Zé Carlos parou na barreira. Gustavinho respondeu para o Bragantino, também de falta, mas a bola foi desviada para escanteio.

Juninho Capixaba quase fez o segundo em desvio de cabeça, mas Paulino fez outra grande defesa. Ainda deu tempo para Talisson, do Bragantino, ser expulso após falta violenta. O Ituano cercou a área nos minutos finais com vários cruzamentos, mas a defesa segurou a vitória.

Os dois times voltam a campo no próximo fim de semana pela 11ª rodada. No sábado, às 20h, o Ituano visita a Inter de Limeira no Major Levy Sobrinho, em Limeira. Na última rodada, recebe o São Paulo no Novelli Júnior.

Já o Bragantino recebe o Santos no domingo, dia 3 de março, às 18h, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O último adversário será o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas. Na terça-feira, porém, às 21h30, entra em campo pela Libertadores, pelo jogo de volta da segunda fase, diante do Águilas Doradas, da Colômbia, em casa. O primeiro jogo terminou com empate sem gols.

FICHA TÉCNICA:

ITUANO 0 X 1 RED BULL BRAGANTINO

ITUANO – Jefferson Paulino; Léo Oliveira (Marlon), João Vialle, Vitão e Léo Duarte; Miqueias (Salatiel), Aluisio (Gabriel Falcão) e Yann Rolim; Pablo Diogo (Bruno Alves), Vinícius Paiva (Leozinho) e José Carlos. Técnico: Douglas Leite (auxiliar).

RED BULL BRAGANTINO – Lucão; Andrés Hurtado, Douglas Mendes (Luan Cândido), Léo Realpe e Guilherme Lopes; Eric Ramires (Raul), Lincoln (Lucas Evangelista), Bruninho (Juninho Capixaba) e Gustavinho; Thiago Borbas (Talisson) e Laquintana. Técnico: Pedro Caixinha.

GOL – Bruninho aos 26 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – João Vialle e Vitão (Ituano). Juninho Capixaba e Gustavinho (Red Bull Bragantino).

CARTÃO VERMELHO – Talisson (Red Bull Bragantino).

ÁRBITRO – João Vitor Gobi.

RENDA – R$ 34.220,00.

PÚBLICO – 1.416 torcedores.

LOCAL – Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *