Fale Conosco

Notícias

Santa Cruz perde para o Altos-PI nos pnaltis e eliminado na pr-Copa do Nordeste

<i>(Foto: Samuel Pereira)</i>

O Santa Cruz foi eliminado de forma precoce da Copa do Nordeste 2024. Neste domingo (07), a Cobra Coral foi derrotada pelo Altos-PI, no Estádio Lindolfo Monteiro, nos pênaltis por 11 a 10 após empatar em 2 a 2 no tempo normal. O Tricolor do Arruda chegou a abrir dois de diferença com Thiaguinho e Lucas Siqueira, na primeira etapa. Mas, Leandro Amorim e Matheus Lima empataram para os piauienses. Agora, com a eliminação precoce, a Cobra Coral tem garantido apenas nove jogos da fase inicial do Campeonato Pernambucano, única competição em 2024.

Agora, o Tricolor do Arruda retorna aos gramados já na próxima quinta-feira (11), quando recebe o Maguary, às 20h, no estádio do Arruda, em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Pernambucano. Do outro lado, o Altos só estreia no Estadual, no dia 17 de janeiro, diante do 4 de Julho, na Arena Ytacoatiara.

O jogo

A partida foi bastante parelho na etapa inicial. Mesmo atuando como visitante, o Santa Cruz assumiu o protagonismo da partida. Com mais posse de bola, o Tricolor esbarrava na falta de inspiração no último terço do campo. Aos 22 minutos, Caio Mello cobrou escanteio na cabeça de Paulo César que escorou para Thiaguinho, livre para empurrar para o fundo das redes.

A partir da abertura do placar, o primeiro tempo foi bastante paralisado com faltas de ambas as equipes. O juiz baiano Wagner Francisco deu cartão para o atacante coral, João Diogo, do Santa Cruz, por retardar o jogo, e para Iago Leite, do Altos, por falta dura no meio-campo. 

 

Com a partida truncada, o Mais Querido teve grande chance perdida, Matheus Melo chutou de longe, o goleiro Careca espalmou para entrada da área e Thiaguinho livre chutou por cima da meta. Mesmo tendo saído na frente, o Tricolor do Arruda tinha o domínio das ações do duelo. Aos 42 minutos, na ponta esquerda, Thiaguinho cruzou para área, o volante Lucas Siqueira apareceu como homem surpresa, e cabeceou para ampliar o marcador.

Na segunda etapa, tendo que partir para o “tudo ou nada”, o Altos se lançou ao campo de ataque. Logo no início, aos 4 minutos, em cobrança de escanteio por Dhonata, a bola saiu fechada e o zagueiro Leandro Amorim, subiu livre, e desviou sem chances para André Luiz. 

Com o placar mínimo, o Tricolor do Arruda assumiu uma postura defensiva, que foi intensificada com a saída do camisa 10 Matheus Melo e a entrada do zagueiro Luis Felipe. Apostando na bola área, o Altos-PI tomou conta das ações no segundo tempo. Aos 34 minutos, em cruzamento na área, o goleiro André Luiz saiu mal da meta, Matheus Lima desviou de cabeça, deixando tudo igual no Lindolfo Monteiro. Com o placar de igualdade, as equipes assumiram uma postura precavida na partida. Com isso, a classificação se encaminhou para ser decidida nas penalidades máximas.

PÊNALTIS

Após vencer o sorteio, o Santa Cruz iniciou as penalidades com o capitão Rafael Pereira, que bateu com força, a bola bateu no travessão, e entrou no fundo das redes. O primeiro pênalti do Altos-PI, foi batido por Rhuan que deslocou o goleiro André Luiz. A segunda cobrança coral, foi do jovem da base, Carlos Henrique, que também deslocou o goleiro. Pelo lado do Jacaré, Dhonata que bateu alto no canto esquerdo, sem chances. Com dose extra de emoção, Toty bateu no canto, o goleiro Careca acertou o canto, mas não conseguiu fazer a defesa. Na terceira cobrança, Ricardo deslocou o arqueiro coral. Responsável pela bola parada coral, o volante Caio Mello converteu sua cobrança, sem dificuldades. Na quarta, Arturzinho bateu bem no canto. Para fechar as cobranças, Gabriel Cardoso, da base, converteu a penalidade. Dessa vez, o goleiro André Luiz acertou o canto, mas Matheus acertou o canto esquerdo. 

Para abrir as alternadas, João Diogo converteu a cobrança. Rodrigo manteve o bom aproveitamento, o goleiro André Luiz chegou a tocar na bola. No penalti seguinte, Juan Tavares converteu sua cobrança. Com personalidade, João Pedro bateu no centro da meta. O capitão Arlan converteu sua cobrança, no canto direito. Na nona cobrança, o zagueiro Paulo César bate mal e o goleiro Careca defende sem grandes dificuldades. Com chance de fechar as penalidades, Luiz Guilherme acertou a trave e desperdiçou a oportunidade. Com personalidade, o zagueiro Luis Felipe deslocou o goleiro. O defensor Leandro Amorim bateu bem a cobrança no canto direito. Para completar os onze em campo, o goleiro André Luiz bateu bem no canto esquerdo, pelo lado do piauiense, Carece também converteu.

Após completar os onze iniciais, o capitão Rafael Pereira bateu mal, no centro do gol, e o goleiro Careca defendeu a cobrança. Para encerrar a sequência, o centroavante Rhuann chuta no canto, o goleiro André Luiz chega a tocar na bola, mas acaba entrando. O Jacaré piauiense elimina a Cobra Coral, em Teresina.

FICHA DA PARTIDA:

 

ALTOS 2 (11)

Careca; Marcelinho(Marcelo Piauí), Leandro Amorim, Arlan e Arthurzinho; Hudson, Iago Leite (Rodrigo), Brayann (Matheus Lima) e Dhonata; Roger Gaúcho (João Pedro) e Rhuann. Técnico: Flávio Araújo.

 

SANTA CRUZ 2 (10)

André Luiz; Toty, Rafael Pereira, Paulo Cesar e João Victor (Juan Tavares); Lucas Siqueira (Carlos Henrique) e Caio Mello, Matheus Melo (Luis Felipe); Thiaguinho (Felipe Cardoso), João Diogo e Pedro Bortoluzo (Gabriel Cardoso). Técnico: Itamar Schülle.

 

Local: Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina – PI

Árbitro: Wagner Francisco Silva Souza (BA)

Assistentes: Paulo de Tarso Bregalda Gussen e Daniella Coutinho Pinto (Ambos da BA)

Cartões amarelos: João Diogo, Pedro Bortoluzo (S); Iago Leite, Arthurzinho, Arlan  (A)

Gols: Thiaguinho, aos 22/1T, Lucas Siqueira aos 42/1T, (S); Leandro Amorim aos 04/2T e Matheus Lima aos 34/2T(A)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *