Fale Conosco

Notícias

último dia de inscrições é nesta sexta-feira, 7/6 — Secretaria de Comunicação Social

Os interessados em realizar a prova do Enem 2024 têm até esta sexta-feira, 7 de junho, para realizarem a inscrição através da Página do Participante no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O prazo de inscrição também vale para solicitações de atendimento especializado e tratamento por nome social.

Para aqueles que não possuem isenção, a inscrição só será confirmada após o pagamento da taxa de R$ 85, que vence em 12 de junho, e que pode ser paga através do boleto bancário, PIX e cartão de crédito e débito em conta corrente ou poupança.

» Passo a passo sobre como se inscrever no Enem 2024

DATAS – As provas serão aplicadas em todo o país nos dias 3 e 10 de novembro. Moradores do Rio Grande do Sul terão um prazo extra para as inscrições, com um novo cronograma para o estado a ser divulgado em breve pelo Inep. Os gaúchos também terão isenção da taxa de inscrição, inclusive nos casos de justificativa de ausência reprovada na edição de 2023.

UNIVERSIDADES – Com a nota obtida no exame, os candidatos podem concorrer a vagas em universidades públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e em instituições de ensino particulares. Além disso, é possível participar do Programa Universidade para Todos (Prouni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

PÉ-DE-MEIA Fazer o Enem é um dos critérios para ter acesso a uma parcela de R$ 200 do incentivo financeiro-educacional Pé-de-Meia, do Ministério da Educação. O programa é destinado à permanência e à conclusão escolar de estudantes matriculados no ensino médio da rede pública. O programa oferece incentivos relacionados a matrícula, frequência, conclusão e participação em exames educacionais, entre outros fatores a serem considerados.

INSCRIÇÃO Para realizar a inscrição o interessado deve acessar a Página do Participante com o login do Gov.br. Quem não lembrar da senha, a recuperação pode ser feita por meio da própria plataforma.  A página para enviar os dados é intuitiva e didática. Nela, o candidato preenche, conforme solicitação, dados como CPF, data de nascimento, estado civil, nacionalidade e cor/raça, entre outros. O participante também deve responder se precisa de algum tipo de recurso de acessibilidade para os dois dias de prova.

LÍNGUA ESTRANGEIRA – Durante o preenchimento das informações, o candidato escolhe Inglês ou Espanhol para a prova de língua estrangeira. Além de colocar o endereço atualizado, o participante deve indicar o estado e o município em que pretende fazer as provas. 

CRONOGRAMA – A página conta com o Cronograma do Enem 2024, com todas as datas importantes do calendário da avaliação. Há também orientações e respostas às dúvidas frequentes, além de tutoriais em vídeos, inclusive para inscrições em Libras. O prazo das inscrições também vale para pedidos de atendimento especializado e tratamento por nome social.

RECURSO – No site, é possível acessar o resultado do recurso sobre a isenção da taxa de inscrição e também os resultados sobre as justificativas de ausência na edição anterior. Quem era isento da taxa no Enem 2023 e não compareceu aos dois dias de prova, precisava justificar a falta para poder participar da edição de 2024 gratuitamente.

TAXAApós a inscrição, os candidatos devem pagar a taxa de R$ 85, por meio de boleto gerado pelo próprio site. Todos os que não são isentos devem realizar o pagamento até o dia 12 de junho, por meio de boleto gerado na Página do Participante, Pix, cartão de crédito, débito em conta corrente ou poupança. Para pagar por Pix, basta acessar o QR Code que consta no boleto. A inscrição só será confirmada após o pagamento da taxa.

NOME SOCIAL – De acordo com o Inep, para o nome social não é necessário enviar documentos comprobatórios no momento da inscrição. Travestis, transexuais ou transgêneros receberão esse tratamento automaticamente, de acordo com os dados cadastrados na Receita Federal. Antes de se inscrever, o participante deve verificar as informações pessoais junto à Receita e, se necessário, atualizar as informações.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *