Fale Conosco

Notícias

Veja curiosidades sobre a atriz e cantora homenageada pelo Google

Homenageada pelo Google neste sábado, 1º, Bibi Ferreira foi atriz, cantora, compositora e diretora; veja curiosidades sobre o ícone

Quem acessa a página inicial do Google neste sábado, 1º, encontra uma ilustração colorida que homenageia Bibi Ferreira. Atriz, cantora, compositora e diretora, ela nasceu neste dia, em 1922. 

Dona de um talento único, Bibi Ferreira começou cedo nos palcos. Da união com Armando Carlos Magno, viu o nascimento de Teresa Cristina. Na carreira, estrelou sucessos, como o musical “Minha querida dama” (“My fair lady”), uma adaptação de “Pigmaleão”, de George Bernard Shaw. Também brilhou em “Alô, Dolly!” (Hello, Dolly!), adaptação de “The matcmaker”, de Thornton Wilder.

Na televisão, Bibi liderou o “Brasil 60”, programa responsável por inaugurar a TV Excelsior. Também foi na emissora que apresentou “Bibi sempre aos domingos”. Já em 1968, se destacou com “Bibi ao Vivo”, um musical. 

Em 12 de fevereiro de 2019, aos 96 anos, Ferreira deu o último suspiro. Em vida, ficou conhecida pelos mais próximos por sua generosidade.

Bibi Ferreira em 1983 – Geraldo Modesto

“De cara, assim, a essência de Bibi, eu diria que é o tamanho da sua generosidade. Oriunda de um gigantesco humanismo, que, por sua vez, advém de um fantástico ser humano que tinha, nos valores morais e éticos – esses mesmos valores morais e éticos hoje tão em desuso – as molas mestras, os nortes da sua existência e da sua postura profissional”, disse ao Itaú Cultural Jalusa Barcellos, autora de ‘Bibi Ferreira, a saga de uma diva’. 

Abaixo, separamos fatos curiosos que marcaram a longa trajetória de Bibi Ferreira. Confira!

1. O aniversário

Um fato curioso sobre a artista, é que ela sempre teve dúvidas quanto a sua data de nascimento. Aída Izquierdo, mãe de Bibi, alegava que a filha nasceu em 1º de junho, entretanto, Procópio Ferreira, pai da cantora, dizia que seu aniversário seria em 4 de junho, explica o BOL, do UOL.

Indo além, a própria certidão de nascimento de Bibi é confusa: fora documentado que ela nasceu em 10 de junho.


2. Talento na veia

Com o divórcio dos pais, Bibi passou a morar com a mãe, que era artista na Velasco, companhia de teatro de revista. Empenhada, Bibi falava espanhol e trabalhou como corista na companhia em questão. Na época, tinha apenas três anos.


3. A estreia

O dia 28 de fevereiro de 1941 marcou a carreira de Bibi. Naquele dia, ela lançou oficialmente sua carreira na peça “O Inimigo das Mulheres”, de Carlo Goldini. No espetáculo, ao lado do pai, interpretou a personagem Mirandolina.


4. Própria companhia

Destemida, a artista também viveu outro importante momento de sua carreira em 1944, quando fundou a Companhia de Comédias Bibi Ferreira. O espetáculo “Sétimo Céu” marcou a estreia. 

Ainda sobre o protagonismo de Bibi, ela foi uma das primeiras mulheres no Brasil a dirigir uma peça de teatro. Em um período dominado por homens, Bibi foi agraciada com o prêmio de melhor direção através da Associação de Críticos do Rio de Janeiro. “A Herdeira” foi a peça que rendeu o feito.


5. Aposentadoria

Quando tinha 95 anos, Bibi Ferreira ainda trabalhava. Na época, brilhava com o espetáculo “BIBI – por toda a minha vida”. No ano seguinte, veio a despedida dos palcos, que marcaram sua trajetória. 

A atriz e cantora Bibi Ferreira – Augusto Barbosa

“Nunca pensei em parar. Essa palavra nunca fez parte do meu vocabulário, mas entender a vida é ser inteligente. Fui muito feliz com minha carreira. Me orgulho muito de tudo que fiz. Obrigada a todos que de alguma forma estiveram comigo, a todos a que me assistiram, a todos que me acompanharam por anos e anos. Muito obrigada! Bibi”, divulgou a artista através das redes sociais.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *